WhatsApp: (16) 98191-0927
Telefone: (16) 3911-9980
Por Dra. Janaina
MEDICAMENTOS QUE MAIS CAUSAM URTICÁRIA

alergia a remédios não acontece com todo mundo, sendo que algumas pessoas são mais sensíveis a algumas substâncias do que outras. Dessa forma, existem remédios que apresentam maior risco de provocar alergia.

Às vezes as drogas apresentam estruturas químicas semelhantes e por este motivo dizemos que apresentam reação cruzada, ou seja, podem provocar os mesmos efeitos. Isso explica porque pode ser necessária a suspensão de um grupo de medicamentos.

Os fármacos que mais provocam reações adversas são os antibióticos e os anti-inflamatórios não esteroidais.

Fique de olho para as reações quando você ingere os antiinflamatórios não-hormonais - AINH:

  • ácidoacetilsalicílico,
  • diclofenaco,
  • ibuprofeno,
  • naproxeno,
  • cetoprofeno,
  • piroxicam...

Entre muitos outros), constituem um grupo heterogêneo de medicações, sendo na maioria ácidos orgânicos com ação analgésica, antitérmica e antiinflamatória.

Esses medicamentos são largamente usados para combater a febre e a dor aguda ou crônica, e são considerados como a principal causa de urticária aguda no adulto e segunda causa em crianças e a piora das crises nos casos de urticária crônica.

Estudos demonstram que 50% dos pacientes com urticária crônica podem ter uma crise grave com uso dessas medicamentos.

Normalmente usados para o tratamento de dores, inflamações e febre, esses princípios ativos costumam ser encontrados em antigripais, portanto, principalmente no período onde as temperaturas estão mais baixas e o tempo mais seco, é preciso ter cuidado.

Se você tem algum tipo de alergia, é importante procurar o alergista/imunologista para a realização de uma história adequada e testes de provocação para medicações alternativas. 

Aguarde..