Dermatite de Contato

O que é Dermatite de Contato?

A Dermatite de Contato ou eczema de contato é uma reação inflamatória que ocorre na pele devido à exposição a um componente que causa irritação ou alergia. Erupção cutânea, coceira, vermelhidão e descamação são sintomas comuns, mas não é contagiosa ou oferece risco de vida.

As alergias de contato aparecem por quê? Por que algumas pessoas manifestam esse tipo de problema e outras não?

Há pessoas que tem hipersensibilidade ao contato com determinadas substâncias e desenvolvem uma reação alérgica de caráter imunológico; outras, apresentam, em geral, pouca irritação. A alergia caracteriza-se por reação exagerada quando o indivíduo lida com substâncias como sabão, loções, perfumes, metais, etc.

Nesses casos, o uso de tal produto precisa ser evitado ou suspenso. A irritação se limita ao local de contato com o agente desencadeante e a alergia extrapola a área exposta a esse contato.

Como identificar o “culpado” da lesão?

Quando o problema aparece numa região em que só um produto é utilizado é fácil identificar o agente desencadeante. Por exemplo, uma alergia de contato na axila, sugere que a causa seja o desodorante. No entanto, quando o processo alérgico ocorre nas mãos, fica mais complicado, porque manipulamos inúmeras substâncias diferentes todos os dias.

E é neste momento que o alergista deve fazer um rastreamento detalhado no cotidiano deste paciente para tentar descobrir possíveis suspeitos da alergia e juntamente com o teste de contato comprovar o provável alérgeno. Quanto melhor a história clínica e mais detalhes lembrados pelo paciente, maior a chance de cura.

Qual o tratamento?

O primeiro passo é identificar e excluir o que está causando a alergia, que nem sempre é fácil! O tratamento medicamentoso consiste de medicações como corticoides tópicos, imunossupressores, hidratantes restauradores da membrana da pele e medicações orais.

Além destes, é importante a readaptação de novos produtos, como um novo desodorante ou novo hidratante ou novas maquiagens, os quais o seu alergista poderá te ajudar.

Quais são os problemas de usar pomadas de corticoide todos os dias, por períodos muito prolongados?

A necessidade do uso prolongado de pomadas de corticoide indica que o problema não foi resolvido, ou o(s) agente(s) não foram identificados, porque a alergia deveria desaparecer em duas ou três semanas, no máximo. Portanto, a pessoa deve procurar sempre um especialista para diagnóstico e orientação do tratamento.

Comentários estão fechados.

× WhatsApp