Alergias Respiratórias – Saiba mais!!!

Alergias Respiratórias

Alergias respiratórias ocorrem em indivíduos predispostos geneticamente juntamente com uma reação exacerbada a algum tipo de substância transportada por via aérea, como a poeira.

Embora essas substâncias não sejam realmente um perigo para o corpo, os anticorpos do sistema imunológico identificam o alérgeno como uma ameaça. Isso faz com que certas células liberem produtos químicos como a histamina, desencadeando a reação alérgica.

Os sintomas de alergia de cada pessoa são diferentes, podem se manifestar de duas maneiras: sazonal (ocorre apenas em uma parte do ano) e perene (ocorre o ano todo).

Sintomas

Dentre as alergias respiratórias a mais frequente é a rinite (inflamação do revestimento do nariz) com: espirros, congestionamento nasal e coceira.

Pode vir associada ou isolado com conjuntivite alérgica com coceira ocular, lacrimejamento e pálpebras inchadas ou vir associada com sinusite (rinossinusite).

A asma ou antigamente chamada de bronquite alérgica ou bronquite asmática também é uma das mais frequentes alergias respiratórias com sibilância, tosse, falta de ar e sensação de opressão no peito.

Alérgenos

Alergia à poeira

A poeira domiciliar contém na grande maioria presença de ácaros, que são os principais vilões no Brasil, mas também pode conter pelos de animais, pedaços de baratas mortas e esporos de mofo.

Alergia ao mofo

O mofo libera esporos pelo ar, provocando em algumas pessoas, reações alérgicas, especialmente no trato respiratório. O mofo também pode desencadear ou agravar os sintomas de rinite e asma.

🌻 🏵 Alergia ao pólen

A maior frequência de alergias provocadas por pólen é registrada em temperaturas amenas, chuvas abundantes e pouco sol (na primavera é muito frequente). Principalmente no Sul do Brasil.

Ela é desencadeada pelo pólen liberado pelas flores, provocando sintomas nasais e/ou problemas respiratórios em pessoas alérgicas.

🐕 🐈 Alergia a animais de estimação

A reação é desencadeada pela exposição aos flocos mortos de pele (caspa) do animalzinho, que se depositam nos pelos. A exceção para este caso, são os gatos, pois o alérgeno está na saliva e no ato de lamber o pelo para o banho o animal deposita o alérgeno da saliva nos pelos.

Alergia à baratas

Este tipo de alergia apesar do que se pensa é muito comum, os detritos da barata ficam depositados na cama, travesseiro, móveis e chão e podem levar a exacerbação dos sintomas alérgicos.

Isso ocorre principalmente em locais quentes e quando comemos no ambiente do quarto ou sala.

Mais informações

Agende sua consulta pelo telefone ou whatsapp:

☎ (16) 3234-6174 📱(16)99173-8806

 

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

× WhatsApp