Alergia ou Reação Adversa a Drogas?

Há uma confusão grande entre alergia e reação adversa a drogas.

Muitos pacientes dizem que têm alergia a determinados medicamentos que já lhes causaram algum sintoma com por exemplo, mau estar, queda de pressão, tontura, náuseas, dor de estômago, entre outras.

Na realidade, esses são sintomas são descritos como REAÇÃO ADVERSA, pois este efeito já era esperado, já está descrito na bula do medicamento, é considerado um efeito tóxico, previsível e indesejado do medicamento.

✔A ALERGIA a medicamentos, ou REAÇÃO DE HIPERSENSIBILIDADE, surge inesperadamente e de forma exacerbada. Este efeito pode nunca ter aparecido antes com o uso da medicação e em um determinado momento começa a manifestar sintomas de alergia e desde então eles se reproduzem com o uso.

Vamos exemplificar para ficar mais claro: Uma pessoa pode tomar a vida toda dipirona e em um determinado dia após o seu uso apresenta inchaço e manchas vermelhas na pele... isto pode ser ALERGIA A DIPIRONA, principalmente se a pessoa repetiu o uso e causaram os mesmos sintomas ou até piores!

Portanto os sintomas de reação alérgica a drogas podem atingir mais comumente a pele (manchas vermelhas, coceira, inchaço), mas também podem atingir outros órgãos como o sistema respiratório (tosse, falta de ar, chiado), sistema cardiovascular (queda da pressão) e menos frequentemente o sistema digestivo (diarreia, vômitos), neurológico (confusão mental, perda da consciência), podendo chegar a anafilaxia (soma de vários sintomas).

No caso das 👉ALERGIAS, os sintomas se repetirão se houver uma nova exposição ao alérgeno, já, nas 👉REAÇÕES ADVERSAS, podem se repetir ou não, uma vez que podem ter sido desencadeadas por fatores externos ao medicamento ou super dosagens.

Procure o alergista para o diagnóstico correto e realização de testes para confirmação do caso ou fornecimentos de possíveis alternativas.

Agende uma consulta

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

WhatsApp