Alergia ao Sol

Alergia ao sol

É muito comum nas estações mais quentes do ano, principalmente no verão, pacientes chegarem ao consultório reportando quadros alérgicos sempre que se expõem ao sol, seja na praia, piscina ou uma simples caminhada para fazer compras.

O que precisamos avaliar é se o paciente é alérgico ou se foi uma reação de queimadura.

A alergia ao sol causa sintomas parecidos com as queimaduras solares: vermelhidão, aparecimento de pequenas bolhas ou manchas vermelhas na pele e coceira intensa.

Os sintomas surgem normalmente nas áreas expostas, mas, podem se manifestar em todo o corpo.

Como sabemos, a exposição solar é imprescindível para a síntese da vitamina D e fixação do cálcio no organismo garantindo a saúde óssea; é igualmente essencial para aumentar a produção das hormônios do bem-estar.

A alergia ao sol pode estar ligada a fatores genéticos ou ser desencadeada pela administração de certos medicamentos, nomeadamente antibióticos, medicamentos para a diabetes, hipertensão, epilepsia, depressão e para alguns tipos de cancros, além da aplicação tópica de alguns produtos cosméticos e perfumes.

É importante determinar o desencadeante e proceder ao controle e tratamento. Consulte seu alergista/imunologista.

Agende uma consulta

Comentários estão fechados.

× WhatsApp