Alergia a Insulina, Existe? Saiba mais

A alergia à insulina é rara, mas pode ocorrer.

Como qualquer outra reação alérgica, é desencadeada por uma resposta equivocada do sistema imunológico, considerando um elemento benigno como um invasor estrangeiro.

As pessoas que sofrem de alergias à insulina podem manifestar os sintomas geralmente nas quatro primeiras semanas de tratamento, podem apresentar vermelhidão, urticária no local da injeção, uma erupção cutânea que se espalha por todo o corpo, angioedema (inchaço da pele), queda da pressão, falta de ar, chiado, edema de glote e até anafilaxia.

A alergia depende da composição da insulina, componentes que são utilizados para sua estabilização, impurezas, presença de diferentes aminoácidos em sua sequência molecular (proteinas) e também por sua estrutura, portanto é possível que você seja alérgico a um tipo de insulina e a outro não.

Como as reações alérgicas podem ser fatais, a primeira coisa a fazer se você notar uma reação à sua insulina, especialmente se ocorrer logo depois de ter injetado, é ligar para o seu médico, para que sua condição possa ser diagnosticada e tratada.

Diagnóstico

A sensibilização à insulina pode ser avaliada pelo:

  1. Teste cutâneo de leitura imediata (prick teste);
  2. Teste intradérmico;
  3. Pesquisa de IgE sérica específica.

Tratamento

☑ Primeiro não utilizar mais a insulina que deu reação e depois, juntamente com seu médico, identificar insulinas alternativas diferentes para seu tratamento.

☑ Reações alérgicas leves podem ser tratadas com medicamentos como anti-histamínicos e corticoides desde que prescritos por um médico.

☑ Existe a possibilidade de fazer testes cutâneos pelo alergista para identificar se a alergia foi realmente pela insulina e também fornecer opções de tratamento. Caso o paciente seja alérgico a insulina que ele necessita e não exista outras opções, deve-se considerar a dessensibilização.

Isso envolve repetir um grande número de injeções de pequenas quantidades de insulina, sempre em ambiente hospitalar com alergista capacitado, para fornecer uma tolerância ao medicamento.

A investigação do diagnóstico de alergia a insulina é uma urgência médica no paciente com diabetes, deve ser decidido prontamente com testes de provocação pelo alergista/imunologista.

Consulte o seu alergista 😉

Mais informações

Agende uma consulta

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

×

Hello!

Click one of our representatives below to chat on WhatsApp or send us an email to contato@drajanainamelo.com.br

× WhatsApp